Eficiência operacional: em prol da produtividade, TJSP renova parceria com empresa que desenvolve o sistema SAJ

12/12/2017 | 2 min. de leitura

A produtividade do Tribunal de Justiça de São Paulo marcou a gestão do presidente Paulo Dimas. Nesta segunda-feira, 11, mais um passo foi dado para permanência dos resultados que conferiram ao TJSP o selo ouro do Conselho Nacional de Justiça. A Corte paulista renovou a parceria com a empresa Softplan, que desenvolve o sistema SAJ, usado para a gestão dos processos judiciais e administrativos.

A renovação da parceria garante as inovações contínuas do Sistema de Automação da Justiça. Além disso, estabelece novos indicadores para a evolução tecnológica do SAJ; melhora a disponibilidade do sistema; promove controle mais assertivo dos prazos; mantém a continuidade dos serviços prestados em infraestrutura e sustentação e padroniza os modelos contratuais entre o Tribunal e a Softplan.

Para o presidente Paulo Dimas, a renovação “demonstra a confiança recíproca entre o Tribunal e a Softplan, além da busca constante pela excelência nos serviços prestados à população. É uma parceria que tem dado muito certo.”

Conquista da produtividade

A transformação digital que o TJSP protagoniza teve início há mais de uma década. De 2006 para cá, a Corte passa por um avançado projeto de informatização. Neste percurso, o Tribunal unificou os mais de 10 sistemas de gestão de processos, padronizou o uso do SAJ nas unidades judiciais, tornou-se 100% digital (desde 2015, só recebe ações novas em formato digital) e disseminou as melhores práticas de uso do sistema para servidores e magistrados. O investimento em TI alçou o Tribunal a um dos mais produtivos do Brasil.

Para Ilson Stabile, diretor-executivo da Softplan, a renovação da parceria contribui para a permanência dos resultados de um Judiciário cada vez mais próximo do cidadão.

“É uma honra para a Softplan participar da revolução que ocorre na Corte paulista. As sucessivas gestões dão continuidade aos projetos, comprovando que é possível sair de uma condição adversa para estar à frente das melhores práticas de inovação na Justiça. O cidadão é o grande beneficiado: passa a contar com um Judiciário cada vez mais forte e rápido”, comenta Stabile.

A renovação com a Softplan seguiu as boas práticas de mercado, sugeridas pela empresa Gartner, líder mundial em pesquisa e aconselhamento sobre tecnologia. Gartner recomenda às instituições que desenvolvam uma estratégia negociada e apoiada pelas áreas de TI e contratos em uma infraestrutura unificada. O desenvolvimento da nova dinâmica de contratação só foi possível devido aos esforços realizados pelas equipes do TJ e da Softplan.

Confira a galeria da renovação de parceria entre o TJSP e a Softplan:

Seus comentários são sempre muito bem-vindos. Comente!

Este espaço destina-se às repercussões sobre notícias e artigos publicados no SAJ Digital. São de responsabilidade de seus autores. Não servem como abertura de chamados e atendimentos para o portal e-SAJ.

Leia também

Receba nossas novidades por e-mail:

Fale com o
especialista
Desenvolvido por: Linkedin Instagram