TJSP adota prática de home office e vira notícia no principal jornal da Rede Globo

21/08/2015 | 2 min. de leitura

TJSP adota home office
Prática de home office aumentou a produtividade dos servidores em 30%, em média

A inovação do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP), que autorizou que funcionários de 56 cartórios trabalhassem a partir de casa (home office) dois dias por semana, foi destaque no Jornal Nacional (JN), o maior veículo jornalístico da Rede Globo. A medida foi regulamentada em maio pelo presidente do TJSP, desembargador José Renato Nalini.

A matéria destaca que o objetivo da instituição é aumentar a produtividade dos funcionários, já que eles convivem diariamente com o trânsito caótico da metrópole e chegam a enfrentar quatro horas de engarrafamentos por dia. É exigido dos 87 servidores autorizados a utilizar o home office que tenham uma produtividade 15% superior a do trabalho presencial, mas o aumento constatado chegou a 30% em média, conforme ressalta a notícia.

A prática de home office só é possível devido a avanços tecnológicos do Judiciário brasileiro como o processo digital, que possibilita o trabalho remoto. Na notícia veiculada pelo JN, as imagens mostram os servidores realizando as rotinas por meio das telas do Sistema de Automação da Justiça para Tribunais (SAJ Tribunais).

ícone de vídeo Confira o vídeo clicando aqui

Seus comentários são sempre muito bem-vindos. Comente!

Este espaço destina-se às repercussões sobre notícias e artigos publicados no SAJ Digital. São de responsabilidade de seus autores. Não servem como abertura de chamados e atendimentos para o portal e-SAJ.

Leia também

Receba nossas novidades por e-mail:

Fale com o
especialista
Desenvolvido por: Linkedin Instagram