Inovação na Justiça: Softplan apresenta soluções inovadoras para Judiciário no Conip, em Brasília

Inovação na Justiça: Softplan apresenta soluções inovadoras para Judiciário no Conip, em Brasília

inovação na justiça

A inovação na Justiça é essencial para dar conta do desafio de lidar com mais de 108 milhões de processos em tramitação, número apontado no último relatório Justiça em Números,  do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Este foi o mote central da participação da Softplan no 12º Conip, em Brasília. O evento começou nesta quarta-feira, dia 27, e se estende até esta noite, dia 28. A empresa catarinense apresentou soluções que adotam a inteligência artificial para auxiliar o trabalho de servidores e magistrados. E ainda realizou uma palestra sobre por que o uso da computação cognitiva é o futuro da Justiça brasileira.

“O acesso à Justiça democratizou o Judiciário e trouxe mais transparência e agilidade ao trabalho dos servidores e magistrados. Mas sabemos que as demandas da sociedade aumentam a cada dia. Com isso, os processos acabam se acumulando na fila de trabalho de juízes, no momento da tomada estratégica de decisões”, comenta Marcos Florão, diretor de Inovação da Softplan.

Florão realizou a palestra “soluções disruptivas: o futuro da Justiça brasileira”. Ele abordou que, neste contexto de desafios crescentes, gestores e magistrados precisam, mais do que nunca, de aliados capazes de promover inovação na Justiça.

Confira galeria de fotos:

A tecnologia, que há cerca de uma década gerou uma transformação no Judiciário brasileiro com o processo digital, agora promove uma nova onda de mudanças com a chegada da computação cognitiva na Justiça. Esta nova onda, aliás, permite que as máquinas aprendam sobre o dia a dia dos operadores do Direito para que possam auxiliá-los e, aliadas às boas práticas de gestão, conferir mais produtividade às ações.

“A Justiça lida com imensuráveis volumes de informações, que tendem a crescer cada vez mais. Ao mesmo tempo, as restrições com orçamento e pessoal também aumentam. A inteligência artificial é uma aliada para dar conta deste cenário desafiador”, comenta Florão.

Referência em processo digital, a Softplan também se consolida como referência em inteligência artificial aplicada à Justiça.

  • Desde 2016, todas as novas soluções da Softplan contam com a inteligência artificial como tecnologia embarcada;
  • A empresa  estruturou o Laboratório de Ciência de Dados e o Centro de Competências em Inteligência Artificial.
  • O time formado por mais de 20 estatísticos especializados em análises da Justiça brasileira foca suas experiências em operacionalizar soluções de analytics e big data para o ecossistema da Justiça.

Soluções de inteligência artificial para a Justiça

Confira quais soluções de inovação a Softplan apresentou no Conip.

Robôs inteligentes

A Computação Cognitiva é a base para desenvolver robôs inteligentes com ​expertise jurídico. Eles têm capacidade de aprender sobre o dia a dia dos operadores do Direito e resolver problemas de operações repetitivas. Isso promove agilidade aos processos, reduz a demanda de pessoas em atividades maçantes e oferece um completo repositório de informações analíticas para acompanhamento das atividades.

A Leia (Legal Intelligent Advisor), por exemplo, é um robô cognitivo multifuncional com conhecimentos específicos que conversa com os operadores do Direito, responde dúvidas e ajuda a resolver problemas.  Pode interagir com outros robôs.

Cofre virtual

É o novo certificado digital online e seguro que possibilita a assinatura digital pelo seu smartphone. Prático e seguro, o cofre virtual tira de cena o token e smartcard e concentra a assinatura e a certificação digital no seu telefone celular.

Com isso, o magistrado assina documentos com agilidade não só em seu gabinete mas também remotamente. Isso garante muito mais agilidade e produtividade. O Cofre Virtual também proporciona benefícios para as demandas pessoais dos magistrados, já que é possível usar o certificado digital para outras atividades, como Home Banking e declaração de Imposto de Renda, por exemplo.

Gestão digital de diligências

É uma solução que distribui mandados automaticamente e fornece o acesso fácil dos servidores aos documentos, permitindo o envio remoto das certidões das diligências. Os documentos emitidos pela Central de Mandados podem ser consultados pelos oficiais de Justiça por meio de dispositivos móveis. Com isso, as diligências são cumpridas mais rápido, otimizando rotas e economizando com a impressão de papéis.

A Central de Mandados e o Tribunal de Justiça passam ter mais controle do cumprimento das diligências, já que o oficial de Justiça consegue atualizar a situação dos casos em tempo real por meio de dispositivos móveis.

SAJ Insights

O SAJ Insights é uma solução que aplica a Ciência de Dados, Inteligência Artificial e ​Machine Learning (aprendizado de máquina) no dia a dia da Justiça.

A partir da plataforma de Business Intelligence, é possível fazer análises preditivas e prescritivas com alto nível de sofisticação matemática e computacional. É possível, por exemplo, saber qual é o tempo de tramitação ideal para cada processo em determinada vara. Com os dados extremamente detalhados no SAJ Insights, os Tribunais podem tomar decisões com muito mais agilidade e assertividade, identificando tendências e antecipando riscos.

É uma solução que pode ser integrada a qualquer solução de gestão de processos judicial.

Assistente Digital

O Assistente Digital do Magistrado é uma solução que transforma radicalmente a forma de trabalho no gabinete. Facilita o entendimento dos casos e a construção de peças processuais por meio da Computação Cognitiva.

Tem por foco escoar e dar vazão ao volume gigantesco que ocorre dentro dos gabinetes. Construída sobre uma plataforma disruptiva de computação cognitiva, o sistema possui algoritmos treinados para extrair as partes mais relevantes do processo e indica as jurisprudências mais adequadas. Com o Assistente Digital do Magistrado, é possível fazer análises e decisões em massa sem comprometer o raciocínio jurídico. Atende Tribunais, MP, Procuradorias e demais órgãos.

Essa ferramenta, inclusive, evidencia o trabalho dos magistrados, já que oferece subsídios para que as decisões sejam mais assertivas. O Assistente Digital do Magistrado proporciona mais agilidade e qualidade ao trabalho dos servidores dos Tribunais de Justiça, o que pode alavancar o novo salto de Índice de Atendimento à Demanda dos Tribunais.

O Assistente Digital do Magistrado trabalha com o conceito de conector, que pode operar como um “módulo-satélite” de qualquer solução de gestão de processos judiciais. Atende Tribunais, Ministérios Públicos, Procuradorias e demais instituições do ecossistema da Justiça.

O 12º Conip

O evento começou nesta quarta-feira, dia 27, e se estende até esta noite, dia 28. Mais de 300 pessoas acompanham as discussões sobre práticas e tendências que vão promover a celeridade que a Justiça brasileira. O evento contribui para a conscientização da necessidade de transformação digital e, consequentemente, auxiliar no uso das melhoras ferramentas.

A Softplan

A Softplan é desenvolvedora do sistema SAJ, solução por onde tramitam quase 50% dos processos da Justiça brasileira. A empresa catarinense é uma das maiores do Brasil no desenvolvimento de softwares de gestão.

A Softplan é uma das maiores empresas do Brasil no desenvolvimento de softwares de gestão. Atualmente, suas soluções estão presentes em todos os estados brasileiros e em países da América Latina, fazendo a diferença na vida das pessoas e das organizações.

Desde 1990, a companhia atua de modo a tornar a gestão pública e privada no Brasil mais transparente, eficiente e ágil com o uso de tecnologias modernas e inovadoras. Ao longo desses anos, a Softplan se especializou no desenvolvimento e na implantação de softwares de gestão para os segmentos de Justiça, Infraestrutura e Obras, Gestão Pública e Indústria da Construção.

Seus comentários são sempre muito bem-vindos. Comente!

Este espaço destina-se às repercussões sobre notícias e artigos publicados no SAJ Digital. São de responsabilidade de seus autores. Não servem como abertura de chamados e atendimentos para o portal e-SAJ.

Comentar

Seu e-mail não será divulgado. Campos obrigatórios são marcados *