Tribunal de Alagoas implanta AR Digital e garante eficiência operacional

Tribunal de Alagoas implanta AR Digital e garante eficiência operacional

AR Digital

O Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL) mais uma vez investe em melhorias. O uso da AR Digital, integrado ao Sistema de Automação da Justiça e ao sistema dos Correios, garante um melhor desempenho e resultados para uma Justiça brasileira ainda melhor.

O Aviso de Recebimento (AR) Digital é um serviço disponibilizado pelos Correios e integrado à solução do Tribunal de Alagoas. Reduz tarefas repetitivas no envio e recebimento de documentos e partes de processo que, após a tramitação, são anexados às peças digitais.

Com o AR Digital, o servidor deixa a necessidade de preparar o documento para envio de lado e passa a ser alocado para outras atividades-fim, promovendo um Judiciário mais ágil e célere.

Conforme o coordenador do SAJ no TJAL Magno Vitório, o AR Digital impacta, principalmente, as Varas de Execuções e Juizados.

“Antes, o servidor tinha que etiquetar, envelopar, carimbar, criar uma guia dos correios, mandar pros correios, depois digitalizar. O AR digital faz isso de forma totalmente automatizada”, diz.

Outro benefício destacado por Magno é o rastreamento da correspondência: “Antes, não tínhamos o rastreamento. Além disso, você não precisa depois digitalizar o AR, e como não utiliza folhas de papel, contribui para o meio ambiente e gera uma economia muito grande”, completa.

Resultados do AR Digital

Na Vara de Execuções Fiscais, por exemplo, é comum, de acordo, com Magno que ingressem entre 10 e 20 mil ações, fazendo com que a automatização dessa atividade seja essencial.

A produtividade promovida pelo uso do AR Digital já mostra resultados neste caso.

O Juiz da 15ª Vara Cível da Capital Carlos Bruno Oliveira Ramos já enviou, aproximadamente, quatro mil ARs pelo SAJ. Em sua unidade, há cerca de 163 mil processos e o intuito é que se reduza ao máximo esse número até o fim deste ano.

De acordo com Magno, se os ARs fossem enviados manualmente, levariam de 15 a 20 dias para fazer o mesmo número de envios.

Atualmente, o AR Digital está presente na 15ª Vara Cível da Capital, 1º Juizado, Funjuris e 11º Juizado. O projeto-piloto foi implantado na 15ª Vara Cível e as capacitações já foram finalizadas.

A adoção do AR Digital deve ser expandida para todo o Estado de Alagoas na próxima semana.  A aceitação das varas-piloto foi extremamente positiva após acompanhamento de uso durante os meses de fevereiro e março.

Como funciona o AR Digital

O AR Digital tem por objetivo automatizar o processo de envio, impressão, entrega e devolução de correspondências entre os sistemas das instituições. A produção e envio são feitos de forma digital pelo SAJ, que encaminha a versão digitalizada para os Correios.

O trabalho de impressão é feito pelos Correios. Com a devolução do AR, os Correios, então, digitalizam a correspondência, cuja imagem é juntada automaticamente ao processo digital.

O procedimento reduz etapas e passa a ser alimentado automaticamente pela integração do sistema SAJ com o sistema dos Correios.

 

 

Seus comentários são sempre muito bem-vindos. Comente!

Este espaço destina-se às repercussões sobre notícias e artigos publicados no SAJ Digital. São de responsabilidade de seus autores. Não servem como abertura de chamados e atendimentos para o portal e-SAJ.

Comentar

Seu e-mail não será divulgado. Campos obrigatórios são marcados *