3ª Vara Criminal de União dos Palmares, em Alagoas, já é 100% digital

03/09/2015 | 2 min. de leitura

O processo digital ganha força no Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL), que utiliza a solução Sistema de Automação da Justiça para Tribunais (SAJ Tribunais). Em União dos Palmares, a 3ª Vara Criminal já está 100% digital. A unidade, que segue a prática do tribunal de trabalhar exclusivamente com o processo digital para quaisquer ações novas, digitalizou os processos físicos que estavam em andamento.

ícone de leia mais Leia mais
Projeto CAJA: Justiça de Alagoas completa um ano de evolução
Justiça alagoana possui 57,9% dos processos em andamento digitais

“Eu queria dar um bom exemplo e pedi aos servidores que encampassem a ideia. Cada um deveria digitalizar um processo por dia. Assim fomos avançando”, explica o juiz de Direito da 3ª Vara Criminal União dos Palmares, Rafael Wanderley Casado. Ele reforça que o engajamento dos serventuários foi essencial para o sucesso do trabalho. A unidade está 100% digital desde maio.

Na 3ª Criminal de União dos Palmares, os únicos processos que ainda estão em papel são os já baixados. Todos os processos em andamento que eram físicos foram digitalizados, inclusive os que já foram julgados, mas que houve pedido de recurso. As ações novas entram digitais em todas as unidades do TJAL.

Saiba mais sobre os benefícios de uma unidade 100% digital

Casado frisa que a Justiça digital traz benefícios à sociedade, oferecendo uma resposta mais rápida às demandas dela. Ele cita também que dessa forma é possível reduzir os custos com papel, economizando os recursos pagos pelo contribuinte.

O juiz lembra que, no início da digitalização, os servidores preferiam trabalhar com processos físicos, pois já estavam acostumados, mas agora têm preferência pelo digital. Entre as vantagens observadas por eles destaca-se a possibilidade de execução de atividades paralelas, já que o processo fica disponível virtualmente, sem a necessidade de esperar uma das partes devolvê-lo para que outra tenha acesso às consultas. Dessa forma, é possível abreviar etapas, o que torna a prestação jurisdicional mais célere. Outras varas do TJAL também seguem o caminho da virtualização total e estão digitalizando o acervo.

Seus comentários são sempre muito bem-vindos. Comente!

Este espaço destina-se às repercussões sobre notícias e artigos publicados no SAJ Digital. São de responsabilidade de seus autores. Não servem como abertura de chamados e atendimentos para o portal e-SAJ.

Leia também

Receba nossas novidades por e-mail:

Fale com o
especialista
Desenvolvido por: Linkedin Instagram