100% Digital: Jardinópolis ingressa no projeto que está revolucionando a Justiça paulista

01/09/2015 | 3 min. de leitura

100% DigitalAs duas varas cumulativas de Jardinópolis se preparam para aderir à modernização do Judiciário paulista. O projeto 100% Digital, que já tornou digitais 78% das varas de São Paulo, agora está em implantação cidade. Até o fim desta semana, 22 servidores das duas unidades receberão capacitações para a utilização do processo digital. O avanço pôde ser conferido de perto pelo presidente do Tribunal de São Paulo (TJSP), desembargador José Renato Nalini, que nesta terça-feira esteve no município para as comemorações do Dia do Patrono, e recebeu o título de “Cidadão Jardinopolense”.

Na próxima semana, os servidores de Jardinópolis já começarão a operar com o processo digital, que será gerenciado por meio do Sistema de Automação da Justiça para Tribunais (SAJ Tribunais). “Nossa maior expectativa é poder melhorar o serviço prestado e imprimir velocidade às ações que entrarem, dando o andamento adequado. Estão todos bem receptivos”, garante o supervisor de Serviços do Ofício Judicial, Chandler Campos. A receptividade ao processo digital, segundo Campos, não se restringe aos servidores, mas também à população e aos advogados, que anseiam por um Judiciário mais célere.

ícone de leia mais Leia mais
Projeto 100% Digital é destaque na Suíça, em apresentação do desembargador Nalini
TJSP anuncia 100% Digital na abertura do ano Judiciário

“Em uma época em que a sociedade questiona se o Judiciário é capaz de atender aos litígios em tempos aceitáveis, a confiança no mundo jurídico aumenta por conta da agilidade, transparência e velocidade no tempo de tramitação dos processos”, assegura o gerente de Operações São Paulo da Softplan, Rafael Stabile.

O projeto 100% Digital, que está atualmente no 24º ciclo, segue o cronograma planejado e vai tornar digital todo o Judiciário paulista. A partir de 2016, nenhuma ação em papel dará entrada no TJSP. Todos os riscos e impactos foram delineados e mapeados, mitigando possíveis problemas. Conforme Stabile, mesmo com a dimensão ambiciosa do projeto, o TJSP não teve dúvidas de que o desafio era possível e de que a equipe à frente da iniciativa seria capaz de atingir a meta em 12 meses, o que foi o primeiro passo para o sucesso da empreitada.

ícone para foto Confira a galeria de fotos da visita do desembargador Nalini a Jardinópolis

Benefícios do 100% Digital

“Os impactos positivos do projeto 100% Digital, diretos e indiretos, são imensuráveis. O ambiental é, sem dúvida, um dos que mais chama a atenção, pois o processo digital dispensa por completo o uso do papel e todos os recursos necessários para a fabricação dele, em um tribunal que distribui aproximadamente cinco milhões de novas ações por ano”, analisa Stabile.

O gerente reforça que, em estudos desenvolvidos pela Softplan em parceria com outros tribunais, foi possível constatar uma redução de até 70% do tempo de tramitação de processos digitais em comparação com os físicos, considerando-se apenas o período de deslocamento das ações. Ele avalia que o momento entrará para a história do Judiciário paulista.

Seus comentários são sempre muito bem-vindos. Comente!

Este espaço destina-se às repercussões sobre notícias e artigos publicados no SAJ Digital. São de responsabilidade de seus autores. Não servem como abertura de chamados e atendimentos para o portal e-SAJ.

Leia também

Receba nossas novidades por e-mail:

Fale com o
especialista
Desenvolvido por: Linkedin Instagram