Como a tecnologia promove o aumento da arrecadação municipal é destaque em Maringá

Como a tecnologia promove o aumento da arrecadação municipal é destaque em Maringá

4º Congresso Paranaense de Cidades DigitaisConseguir manter as arrecadações das contas públicas em dia, num período de crise, é um grande desafio para os municípios. A adoção da tecnologia na gestão pública tem se mostrado eficiente neste quesito.

Além de garantir sustentabilidade e transparência, soluções de TI inovadoras facilitam que os municípios recuperem os créditos inscritos na dívida ativa.

O SAJ Procuradorias é um exemplo de como a tecnologia melhora a gestão e promove o aumento da arrecadação. A solução, desenvolvida pela empresa catarinense Softplan, já traz resultados para as procuradorias municipais. Em Itapema, município com cerca de 45 mil habitantes no litoral norte de Santa Catarina, o SAJ é utilizado há mais de um ano e neste tempo foi possível colocar em dia mais de 7 mil intimações da dívida ativa. Outro exemplo é o município de Florianópolis, onde o tempo médio de ajuizamento de processos de execução fiscal caiu em 97,34%, de 276 dias para 58 horas.

Além da economia no tempo, proporcionada pelo ajuizamento em lote, os inadimplentes foram estimulados a procurar o Município, o que aumentou a recuperação de mais de R$ 6 milhões em débitos, passando de R$ 2 milhões para R$ 8 milhões – um incremento de 300% – na arrecadação da dívida ativa da Capital catarinense.

Uso da tecnologia em procuradorias

O uso da solução especializada para procuradorias, conforme o executivo da Softplan, Alexandre Vedovelli, fez com que o número de pessoas que buscam negociação nas Prefeituras aumentasse de 3% para mais de 40%. “O recebimento de IPTU, IPTI, ISS, taxas municipais e multas, por exemplo, pode quadruplicar, pois o município passa a cobrar seus ‘mau pagadores’”, finaliza.

Em Manaus, no Amazonas, a adoção do SAJ Procuradorias e um conjunto de práticas como gestão da dívida ativa, implantação da Execução Fiscal Eletrônica e mutirões fizeram com que a arrecadação tivesse um aumento na casa dos 300%. A gerente de Dívida Ativa da procuradoria, Odiléa Monteiro de Carvalho apresentou o case de sucesso em evento em Florianópolis. Clique aqui e acesse o conteúdo.

4º Congresso Paranaense de Cidades Digitais

O SAJ Procuradorias é patrocinador do 4º Congresso Paranaense de Cidades Digitais, que discute a construção de novos modelos de cidades inteligentes. O evento, que acontece nos dias 24 e 25 de novembro, em Maringá, reúne prefeitos e gestores com o objetivo de estimular o uso das Tecnologias da Informação e Comunicação para melhorar a gestão e os serviços públicos.

Seus comentários são sempre muito bem-vindos. Comente!

Este espaço destina-se às repercussões sobre notícias e artigos publicados no SAJ Digital. São de responsabilidade de seus autores. Não servem como abertura de chamados e atendimentos para o portal e-SAJ.

Comentar

Seu e-mail não será divulgado. Campos obrigatórios são marcados *