Softplan realiza curso de Ciências de Dados

12/05/2017 | 2 min. de leitura

Saber gerenciar dados para promover melhores resultados é uma virtude de empresas que procuram inovar. Criado especificamente para a realidade da Softplan, o curso In Company em Ciências de Dados traz partes do ecossistema de dados. 

Realizado de abril a junho, o curso abrange as principais disciplinas da área de ciências de dados e será ministrado em parte pela PUCPR e pela Hekima.

A PUCPR é referência em ensino, produção científica e consultoria na área de inteligência artificial, tendo coordenado dezenas de pesquisas e realizado parcerias com grandes empresas como a Nokia e a Microsoft. Já a Hekima é referência na aplicação de Big Data, Analytics e Computação Cognitiva no mundo corporativo.

Realização do curso

Com uma carga horária de 120 horas, o curso está dividido em três grandes módulos:

  • Estatística;
  • Mineração de dados e aprendizado de máquina;
  • Big Data e engenharia de dados.

O primeiro módulo foi ministrado pelo professor de graduação e Mestrado do curso de Administração da PUCPR, Vilmar Moreira. Foram trabalhados aplicações práticas de conceitos em Estatísticas, além do uso de ferramentas computacionais e interpretação de resultados.

Para Vilmar, o nível de perguntas dos participantes demonstra um bom grau de entendimento em estatística.

“O que eu percebi, conversando com os alunos, é que a aplicação direta de estatística vai ser bem acentuada, principalmente na revisão de alguns processos que a Softplan utiliza hoje. As áreas de qualidade, análise e acompanhamento do sistema serão auxiliadas nos diagnósticos com mais eficiência”, finaliza.

Soluções que utilizam Ciências de Dados

Essa capacitação vai ao encontro do planejamento estratégico da Softplan em conjunto com ações na área de ciências de dados que inclui, entre outros, a criação de um centro de competências em inteligência artificial e um laboratório de ciências de dados.

O curso de ciências de dados, que terá a participação de 40 colaboradores entre abril e junho, tem como objetivo capacitar os colaboradores de diversas áreas para ganharem fluência em larga escala em um tema que é estratégico para a Unidade de Justiça.

A partir desse conhecimento, e guiado por especialistas internos, a Softplan passará a desenvolver novas soluções baseadas ou com forte componentes de inteligência artificial.

Algumas delas já foram apresentadas em eventos realizados na empresa. O “Assistente Digital do Magistrado”  e o “Assistente Digital do Promotor” prometem conferir mais agilidade e celeridade ao trabalho de decisão judicial com a computação cognitiva. Outra solução é o SAJ Analytics, que utiliza o Big Data para combinar dados e prever padrões de entrada de novos processos e de principais classes das peças.

Seus comentários são sempre muito bem-vindos. Comente!

Este espaço destina-se às repercussões sobre notícias e artigos publicados no SAJ Digital. São de responsabilidade de seus autores. Não servem como abertura de chamados e atendimentos para o portal e-SAJ.

Leia também

Receba nossas novidades por e-mail:

Fale com o
especialista
Desenvolvido por: Linkedin Instagram