Progresso do SAJ-MP pelo MPMS é destaque na mídia

05/10/2015 | 2 min. de leitura

A modernização do Ministério Público do Mato Grosso do Sul (MPMS) ganhou a atenção da imprensa. Matérias divulgando os recentes avanços da solução Sistema de Automação da Justiça para Ministérios Públicos (SAJ-MP) são publicadas por diversos veículos.

Entre eles Fatimanews, Conjuntura on-lineJusNotícias, JusBrasil e ASSOMASUL. Nesta segunda-feira, a notícia foi divulgada pela maior rede de televisão do Brasil: a Globo.

ícone de vídeo Assista ao vídeo no portal G1 ou abaixo:

A matéria destaca que a adoção do sistema dá mais agilidade aos trabalhos do MPMS, permitindo que um processo que demorava entre 10 e 15 dias para ter o parecer de um promotor agora tenha andamento na mesma hora.

Servidores utilizando o SAJ-MP
Imagem da matéria veiculada pela Globo, mostrando os servidores do MPMS trabalhando com o SAJ-MP

As imagens do vídeo mostram servidores utilizando o SAJ-MP nas rotinas de trabalho, sem nenhum papel sobre a mesa. O promotor de Justiça e assessor especial da Procuradoria-Geral do MPMS, Paulo César Zeni, destaca a celeridade da solução: “O promotor de Justiça pode manifestar-se em um processo no período da manhã e, no mesmo dia, durante a tarde, o processo pode já ter retornado ao promotor para que ele continue o trabalho dele”, afirma à reportagem.

ícone de leia mais Leia mais
Ministério Público de Mato Grosso do Sul expande o SAJ-MP
SAJ-MP: projeto Guaicuru avança no Ministério Público de Mato Grosso do Sul

A matéria informa ainda que nos locais onde o sistema já está funcionando, o congestionamento de processos caiu pela metade. Destaque também é dado à integração do SAJ-MP com o Tribunal de Justiça e ao trabalho remoto. Outro ponto levantado pelo veículo é a economia proporcionada pelo processo digital que, segundo Zeni, já é perceptível em diversos setores.

Seus comentários são sempre muito bem-vindos. Comente!

Este espaço destina-se às repercussões sobre notícias e artigos publicados no SAJ Digital. São de responsabilidade de seus autores. Não servem como abertura de chamados e atendimentos para o portal e-SAJ.

Leia também

Receba nossas novidades por e-mail:

Fale com o
especialista
Desenvolvido por: Linkedin Instagram