MPMS: projeto Guaicuru leva SAJ-MP às duas últimas promotorias-piloto

10/06/2015 | 3 min. de leitura

O Ministério Público de Mato Grosso do Sul (MPMS) está, desde abril, em um ritmo intenso de treinamentos e implantações para a entrada definitiva na era do processo digital. Nesta quarta-feira começaram os treinamentos dos servidores da Central de Inquéritos Policiais (CIP) e das 68a e 69a Promotorias Criminais de Justiça de Campo Grande. Essas são as duas últimas promotorias-piloto do projeto Guaicuru a receberem o Sistema de Automação da Justiça para Ministérios Públicos (SAJ-MP), desenvolvido pela Softplan.

Nesta implantação, 16 servidores irão receber capacitação para a utilização do sistema, que já está presente em diversas unidades do MPMS. Após os treinamentos, que totalizarão 16 horas de aula, os servidores das unidades capacitadas terão um acompanhamento de uma semana, aonde eventuais dúvidas poderão ser sanadas.

Os próximos passos do projeto Guaicuru serão as implantações, em julho, na Secretaria de Distribuição e Acompanhamento Processual (SEDAP), em Procuradorias de Justiça e na Procuradoria-Geral de Justiça.

Para o promotor de Justiça do MPMS, Paulo César Zeni, não é possível imaginar a instituição hoje sem o processo digital, pois antes de a solução começar a ser implantada no Ministério Público, já era utilizada pelo Tribunal de Justiça (TJ) do estado. “Na verdade nem temos como pensar nisso porque o TJ já implantou, estamos impelidos a seguir o mesmo caminho”, assegura.

ícone de leia mais Leia mais
Benefícios do processo digital chegam à Corregedoria e a Centros de Apoio do MPMS
Sistema SAJ-MP começa a ser implantado na ouvidoria de Mato Grosso do Sul
Sistema de Automação da Justiça é implantado nas promotorias de Camapuã, no MS

Banco de Teses e Pareceres também recebe SAJ-MP

Imagem do consultor Ramon Gonçalves
Consultor Ramon Gonçalves demonstrando o funcionamento do módulo Banco de Teses e Pareceres

No início da semana, na segunda-feira, o MPMS também recebeu a implantação do SAJ-MP no módulo Banco de Teses e Pareceres. Trata-se de um portal web para a gestão de conhecimento. “Membros e assessores terão à disposição um repositório único para peças produzidas, que podem ser reutilizadas por outros procuradores e promotores, facilitando o compartilhamento de informações”, afirma o consultor de Produto Ramon Gonçalves.

Para o uso da funcionalidade foi aplicada uma capacitação ao comitê gestor. O objetivo é que o comitê e a equipe de analistas residentes atuem como multiplicadores de informação.

Sobre o projeto

O projeto Guaicuru visa a consolidação do processo digital no Ministério Público de Mato Grosso do Sul. Para isso, diversas implantações do SAJ-MP são realizadas nas unidades da instituição e os servidores recebem capacitação, tornado-se aptos a utilizar a ferramenta. Além de modernizar os fluxos de trabalho do MPMS, as atividades também objetivam a integração do sistema com o Tribunal de Justiça do Mato Grosso do Sul, que também utiliza a solução.

Seus comentários são sempre muito bem-vindos. Comente!

Este espaço destina-se às repercussões sobre notícias e artigos publicados no SAJ Digital. São de responsabilidade de seus autores. Não servem como abertura de chamados e atendimentos para o portal e-SAJ.

Leia também

Receba nossas novidades por e-mail:

Fale com o
especialista
Desenvolvido por: Linkedin Instagram