MPAM adota o SAJ para aprimorar a gestão de processos

13/03/2019 | 4 min. de leitura

O Ministério Público do Amazonas é mais uma instituição que passa a atuar com foco em transformação digital.

Nesta segunda-feira (11), a instituição assinou contrato para implantação do Sistema de Automação da Justiça (SAJ). A solução desenvolvida pela Softplan já é adotada por outros cinco Ministérios Públicos brasileiros. O SAJ é responsável pela gestão automatizada dos processos judiciais e permitirá a informatização total do MPAM.

Solenidade de assinatura de contrato no MPAM.

“A adoção do SAJ Ministérios Públicos é um sonho antigo do MPAM. É um passo importante para que a nossa instituição possa caminhar com as próprias pernas no campo da informatização”, destaca a procuradora-geral do MPAM, Leda Mara Nascimento Albuquerque.

O projeto de implantação já está encaminhado e foi apresentado à instituição. O cronograma de atuação será definido pelo Comitê Gestor do MPAM, em parceria com a Softplan, nos próximos dias. A expectativa é que a instituição esteja totalmente informatizada nos próximos doze meses.

Durante a solenidade, a procuradora-geral reforçou que cada servidor é uma peça importante para que o MPAM seja mais ágil e disruptivo. “Todo rompimento de paradigma traz algumas dificuldades de adaptação, que são totalmente normais dentro do processo de evolução. Por isso, precisamos do comprometimento de todos”, reafirmou.

“O SAJ MP nos dará condições de interagir com mais facilidade com o Tribunal de Justiça. Além disso, teremos ferramentas de trabalho muito mais apropriadas para nossa atuação”, destacou o subprocurador-geral de Justiça para Assuntos Jurídicos, Carlos Fábio Braga Monteiro.

O diretor-executivo da Softplan, Ilson Stabile, ressaltou que a experiência da empresa em colaborar na transformação digital de outros Ministérios Públicos vai garantir que a implantação do SAJ no Amazonas seja um sucesso. “Acreditamos muito que o MPAM terá significativos benefícios com esta solução. Estamos no sexto ciclo de evolução tecnológica da família SAJ. A nova tecnologia traz novas experiências para os usuários dos nossos sistemas voltados ao ecossistema da Justiça. O MPAM terá uma tecnologia intuitiva e moderna, focada em usabilidade e experiência do usuário”.

Leda Mara e Ilson Stabile assinam contrato para implantação do SAJ no MPAM.

MPMS compartilha sua experiência com o SAJ

A solenidade no MPAM contou com a participação do promotor de Justiça Paulo Zeni. Ele é o responsável pelo Comitê Gestor do SAJ no Ministério Público do Mato Grosso do Sul. Zeni contou como foi o projeto Guaicuru, que estruturou a implantação do SAJ MP e trouxe inúmeros resultados ao MPMS.

O projeto iniciou em 2014 e meses depois o MPMS já sentia melhora considerável na agilidade de suas atividades. A instituição, inclusive, melhorou seu desempenho no relatório anual do Conselho Nacional do Ministério Público (CNPM).

Paulo Zeni fala do SAJ no MPMS.

“Hoje, não existe sistema que entregue mais resultados do que o SAJ. A unificação de todas as nossas atividades dentro de apenas uma solução garantiu uma economia considerável em papel. Ainda passamos a ter maior controle de tarefas, maior capacidade de registro de dados, melhoramos nossa comunicação com o Judiciário, automatizamos as tarefas chatas e realocamos usuários em atividades mais nobres”, elencou Zeni.

O promotor ainda falou dos benefícios da intimação eletrônica, da petição eletrônica e da distribuição automatizada. Esta forma de distribuição leva em conta o peso da carga de trabalho dos usuários em cada processo. Isso garante que as atividades sejam igualitárias. O SAJ MP ainda viabilizou o trabalho remoto: “é normal encontrar servidores que ficam semanas sem encontrar suas equipes, já que o trabalho remoto permite produtividade integral; os processos são digitais e os fluxos automatizados permitem atuação total dentro do sistema”.

TJAM e MPAM são parceiros na implantação do SAJ

O presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas, desembargador Yedo Simões, também participou das atividades que celebram a transformação digital do MPAM. Ele e a procuradora-geral do MPAM assinaram documento que viabiliza a integração total entre as duas instituições por meio do SAJ.

TJAM e MPAM assinam docuemento de integração.

“O Tribunal de Justiça do Amazonas dará todo o apoio necessário para esse novo momento que vive o MPAM. O TJAM adotou o SAJ há alguns anos e tenho convicção dos resultados positivos que a solução traz às instituições de Justiça. Estamos muito felizes com esta parceria”, afirma o presidente Simões.

SAJ na mídia

A notícia da implantação do SAJ no MPAM foi destaque nos portais institucionais do MPAM e do TJAM, no Amazonas Atual, A Crítica e outras mídias.

Seus comentários são sempre muito bem-vindos. Comente!

Este espaço destina-se às repercussões sobre notícias e artigos publicados no SAJ Digital. São de responsabilidade de seus autores. Não servem como abertura de chamados e atendimentos para o portal e-SAJ.

Leia também

Receba nossas novidades por e-mail:

Fale com o
especialista
Desenvolvido por: Linkedin Instagram