Desenvolvido por: Linkedin Instagram

Comitiva da Softplan viaja à Espanha para eventos sobre tecnologia na Justiça

30/08/2018 | 2 min. de leitura

Uma comitiva da Softplan estará na próxima semana em Zaragoza, na Espanha. A equipe participará das atividades do Encontro Internacional do Conselho Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Direito (Conpedi), entre os dias 6 e 8 de setembro. Também estará no Encontro Iberoamericano de Governo Eletrônico e Inclusão Digital.

A Softplan será representada na Espanha pelo diretor de negócios, Rodrigo Santos, pela gestora do projeto de internacionalização, Débora Anselmo, e pelo executivo de Inovação Tiago Melo. O tema do Encontro da Conpedi será “Os desafios para o século XXI para o Direito”.

“Será uma ótima oportunidade de conhecer como a academia está lidando com as novas questões do Direito. E levar a nossa experiência em tecnologia e inovação na Justiça”, disse Rodrigo Santos.

O diretor de Negócios da Softplan participará de um painel no dia 6 de setembro sobre “Administração eletrônica da Justiça”. Ele dividirá a mesa com o professor Francisco Gonzalez Campo, da Universidade de Zaragoza (Unizar), que falará sobre a situação na Espanha.

Também no Encontro da Conpedi, o executivo de Inovação da Softplan Tiago Melo apresentará um artigo acadêmico. O texto tem coautoria de Richerland Medeiros e foi produzido no Laboratório de Ciência de Dados da Softplan. O estudo descreve a aplicação da análise de semântica latente em um universo de 225 mil petições para encontrar processos cabíveis de ser enquadrados em Incidente de Resolução de Demanda Repetitiva (IRDR).

Ilustração com as informações sobre o Encontro da Conpedi em Zaragoza, de 6 a 8 de setembro
Encontro Internacional da Conpedi será realizado na Universidade de Zaragoza

Compromisso antes do Encontro da Conpedi

O primeiro compromisso da Softplan na Espanha será no dia 3 de setembro, na Faculdade de Direito de Zaragoza. Durante o Encontro Iberamericano, o executivo de Inovação Tiago Melo irá fazer uma apresentação do tema “Como a cognição artificial pode complementar a humana”.

“Usaremos o exemplo da Justiça brasileira, que hoje lida com um grande volume de dados eletrônicos. Como os humanos podem superar suas limitações para lidar com isso? Que ferramentas podem ser usadas para processar essas informações?”, adiantou Tiago Melo.

O conteúdo da apresentação embasará um artigo. O texto será capítulo do livro Como pôr em prática o Governo Aberto, organizado pelo professor Fernando Galindo (Unizar), coordenador do evento.

Seus comentários são sempre muito bem-vindos. Comente!

Este espaço destina-se às repercussões sobre notícias e artigos publicados no SAJ Digital. São de responsabilidade de seus autores. Não servem como abertura de chamados e atendimentos para o portal e-SAJ.

Leia também

Receba nossas novidades por e-mail:

Fale com o
especialista
Desenvolvido por: Linkedin Instagram